Musical “Vingança”, de Anna Toledo, reestreia depois de 9 anos em São Paulo

Após nove anos, o cultuado musical de Anna Toledo com músicas de Lupicínio Rodrigues reestreia em nova casa e com elenco renovado.

Sucesso do teatro musical brasileiro, o espetáculo “Vingança”, de Anna Toledocom músicas de Lupicínio Rodrigues, retorna em junho no Teatro Raul Cortez, em São Paulo, após nove anos em nova casa e elenco renovado. 
 
Para viver o melodrama envolvendo amores não-correspondidos, intrigas, ciúmes e traições, entram em cena os atores Danilo de Moura, Maria Bia e Lola Fanucchi. Do elenco original continuam Jonathas Joba, Sergio Rufino e Anna Toledo. 
 
É claro que eu pensei três vezes antes de retomar o papel”, conta Anna, “pois é mexer numa memória preciosa. Por outro lado, que oportunidade maravilhosa de voltar a esta peça e apresentá-la a um novo público. Tem quase dez anos desde a última temporada, um monte de gente só conhece o Vingança de ouvir o CD.”
 
A complexa trama de Vingança trata de uma ciranda de paixões entre amantes. A inspiração veio das canções do compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues (1914-1974), um dos maiores nomes do gênero samba-canção, que inclusive foi o responsável pela expressão “dor de cotovelo”. Suas canções (“Nervos de Aço”, “Nunca”, “Ela Disse-me Assim”, Vingança”, etc) falam principalmente de amores não-correspondidos, traições e vinganças.
 
A dor-de-cotovelo foi a sofrência dos anos 50”, brinca o diretor musical Guilherme Terra. Como a sofrência, o gênero dor-de-cotovelo também foi alvo de preconceito da crítica até ser abraçado nos anos 70 por artistas como Caetano Veloso e Maria Bethânia. 
 
Como bom melodrama, Vingança toca em questões sensíveis, como o machismo, a violência, a hipocrisia e as várias formas de abuso. “Talvez estas questões fiquem mais evidentes hoje, em 2022, do que foram em 2013, quando a peça estreou.”, comenta o diretor Andre Dias. “Pode ser mais intenso, pode ser mais incômodo, mas é um risco que vale a pena correr.”


Mais uma produção da Morente Forte Produções Teatrais, a volta de Vingança é mais um sonho acalentado pelas sócias Selma Morente e Célia Forte nos últimos quase 3 anos e que se torna realidade a partir do dia 24 de junho até 28 de agosto, sempre às sextas, sábados e domingos no teatro Raul Cortez.
 

VINGANÇA – O Musical
 
 Teatro Raul Cortez (513 lugares)
Rua Dr Plínio Barreto, 285
Informações: 3254-1631
 
Bilheteria: terça a quinta das 14h às 20h; sexta, sabado e domingo das 14h até o início do espetáculo.
Forma de pagamento: Dinheiro, Crédito e Débito. Não aceita cheque.
Ar-condicionado e acesso para cadeirantes.
 
Temporada: de 24 de junho a 28 de agosto
 
Sexta e sábado: 21h
Domingo: 16h
Vendas: Sympla

Ficha Técnica
 
Vingança – O Musical
Texto original de Anna Toledo.
Músicas de Lupicínio Rodrigues
Direção Musical: Guilherme Terra.
Direção Geral de André Dias.
Com
Anna Toledo – Luzita
Danilo de Moura – Alves
Jonathas Joba – Liduíno
Lola Fanucchi – Maria Rosa
Maria Bia – Linda
Sergio Rufino – Orlando
e Guilherme Terra como Seu Maestro*
 
Músicos: Guilherme Terra (piano)*, Jeferson de Lima (Violão) e Ricardo Berti (Percussão)
 
* Piero Damiani – Seu Maestro/pianista alternante
 
Diretora Assistente: Carla Masumoto
Direção de Movimento: Kátia Barros
Cenários e figurinos: Fabio Namatame
Luz Wagner: Freire
Pianista Ensaiador: Piero Damiani
 
Coordenação de Comunicação: Beth Gallo
Assessoria de Imprensa: Morente Forte – Thais Peres Forte
Programação Visual: Cassiano Pies
Fotografia: Caio Gallacci
Filmagem: Jady Forte
Redes Sociais e Textos: Ana Paula Barbulho Coordenação Administrativa: Dani Angelotti Assistência Administrativa: Alcení Braz
 
Produção Executiva e adm da temporada: Leonardo Leal
 
Produtoras: Selma Morente e Célia Forte
 
Sobre a Porto 
A Porto é mais que uma seguradora, é um ecossistema de soluções de serviços de proteção com tecnologia embarcada, para melhorar e facilitar a experiência do cliente. Com mais de 75 anos de mercado, a companhia possui três verticais de negócios: Porto Seguros, Porto Saúde e Porto Seguro Bank. Além de 11,7 milhões de clientes únicos, 13 mil funcionários, 12 mil prestadores e 36 mil corretores parceiros, a empresa conta ainda com 55 sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil. Ao todo 27 empresas fazem parte do universo Porto Seguro – entre elas: Azul Seguros, Itaú Seguros de Auto e Residência e Porto Seguro Uruguay. Em 2021, a Companhia apresentou R$ 21,5 bilhões de receita e lucro líquido de R$ 1,54 bilhão. O momento é de aceleração do crescimento e expansão de novas frentes de negócio para lançar cada vez mais produtos inovadores e ser cada vez mais um porto seguro para as pessoas e seus sonhos.