Veja as apresentações do primeiro dia do West End LIVE 2021

Apresentado pela Sociedade de Teatro de Londres e pela Cidade de Westminster, o West End LIVE é um evento onde os elencos de diversos musicais que estão em cartaz em Londres se apresentam parar celebrar a qualidade e diversidade dos musicais londrinos. A 16ª edição, primeira realizada desde o retorno das apresentações teatrais, acontece hoje e amanhã (19), na Trafalgar Square.

Continue Lendo “Veja as apresentações do primeiro dia do West End LIVE 2021”

#REVIEW: Em Um Bairro de Nova York (sem spoilers)

Por Madson Melo

Adaptar musicais que nasceram nos palcos para a tela grande sempre foi uma questão para quem se arrisca nesse gênero do cinema. Desde entender como transpor o material do teatro para o cinema, até que músicas ficarão na versão final ou que atores escalar para o projeto, tudo precisa ser pensado da melhor maneira. Na década passada, vimos algumas adaptações, como ‘’Rock of Ages’’ (2012) e ‘’Cats’’ (2019), se tornando alguns dos piores filmes de seus respectivos anos. Então, como ‘’In the Heights’’, aqui ‘’Em Um Bairro de Nova York’’, conseguiria driblar todas essas adversidades e realizar um longa de qualidade e sucesso? Felizmente, todas as decisões tomadas para o filme, acabaram resolvendo essa questão.

Cena de “Em Um Bairro de Nova York” / Reprodução

A obra conta a história de Usnavi, um simpático proprietário de uma bodega de Nova York, que economiza cada centavo todos os dias enquanto imagina e canta sobre uma vida melhor. Além dele, personagens como Nina, Benny, Vanessa e ‘’Abuela Claudia’’ também possuem sonhos e desejos, seja dentro ou fora do bairro de ‘’Washington Heights’’. É um filme sobre a identidade latina em um país que não os abraça completamente. Só por isso, já carrega um grande significado para quase 20% da população americana atual, visto que a indústria de Hollywood sempre foi muito problemática em colocar minorias na telona. A quantidade de atores que, durante décadas, fizeram ‘’brown face’’ (o equivalente ao ‘’black face’’ para latinos) é incontável. Então, dar cara e forma a esse projeto de forma respeitosa sempre foi a grande questão dele como todo.

Para começo de conversa, o elenco é composto de atores, basicamente, desconhecidos, mas muito talentosos, e de origem latina. Anthony Ramos (‘’Hamilton’’) está em estado de graça, mostrando que grandes estrelas latinas só precisam de espaço para existir. Ele cria uma conexão muito rápida com o espectador e acaba por liderar um elenco bastante iluminado e comprometido com o filme. Entre os destaques, para além de Ramos, estão Melissa Barrera como uma Vanessa magnética e determinada, assim como Olga Merediz, que originou o papel de ‘’Abuela’’ Claudia no palco e aqui entrega a performance que sintetiza o filme, nos deixando arrasados em seu grande número.

Anthony Ramos em “Em Um Bairro de Nova York” / Reprodução

Aliás, o roteiro de Quiara Alegría Hudes (também autora do libreto do musical), é muito sobre encontrar seu lugar mesmo que lhe digam que você não pertence a algo. Nós temos a capacidade de nos firmar onde quer que esteja, e o texto, junto da trilha do sempre incrível Lin-Manuel Miranda, se unem para que isso fique bem claro para nós. As letras e melodias de Miranda são inteligentes, viciantes e com muita identidade. Entre as melhores canções, e também momentos visuais do filme, estão a abertura em flashmob de ‘’In the Heights’’, a divertidíssima sequência de ‘’96,000’’, a energética ‘’Carnaval del Barrio’’, e o solo emocionante de ‘’Paciencia y Fe’’.

E, para criar essa força imagética do filme, o Jon M. Chu, não tem qualquer medo de entender que musicais são escapistas, lúdicos e com um escopo muito abrangente. Seus números musicais são incorporados de forma suave a narrativa e não tem coreografia de peruca ou dança em paredes de prédio que te tirem da atmosfera do filme. Pelo contrário, elas te trazem para aquela realidade e fazem com que você queira sentir aquele calor e energia para muito mais do que as duas horas e meia de projeção.

Cada sequência é belamente montada, fotografada e dirigida. E ganham ainda mais pungência no rosto e voz desses atores, que são a epítome de tudo que a obra quer falar. É um desejo de todos poder realizar sonhos, mas é preciso, antes de tudo, sonhar com eles. E nesse misto de fantasia e realidade, que ‘’Em um Bairro de Nova York’’ habita e nos convida para viver. E, nossa, que bela visita você tem ao final de tudo.

“Hamilton” – 10 Coisas que você precisa saber sobre o musical que revolucionou a Broadway

Se você é fã de musicais, com certeza já deve ter ouvido falar sobre esse musical. Em comemoração aos 05 anos da estreia de “Hamilton” na Broadway, o Mundo dos Musicais vai listar algumas coisinhas que você PRECISA SABER sobre essa obra que é um grande sucesso de bilheteria.

Se você é fã de musicais, com certeza já deve ter ouvido falar sobre esse musical. Em comemoração aos 05 anos da estreia de “Hamilton” na Broadway, o Mundo dos Musicais vai listar algumas coisinhas que você PRECISA SABER sobre essa obra que revolucionou a Broadway!

  1. COMO TUDO COMEÇOU

Lin-Manuel Miranda, ator, compositor e rapper, foi quem escreveu Hamilton. Ele se inspirou após ler a biografia de Alexander Hamilton escrita por Ron Chernow. Ele levou seis anos para escrever o musical, sendo que os primeiros dois anos do processo foram dedicados apenas para criar duas músicas: “Alexander Hamilton” e “My Shot”.

O então presidente Barack Obama foi um dos primeiros e grandes apoiadores do projeto. Em 2009, ele convidou Lin-Manuel Miranda para se apresentar no White House Poetry Jam, um evento cultural na Casa Branca. Miranda já tinha a ideia de um álbum conceitual de hip-hop sobre Alexander Hamilton e, lá, apresentou a música que hoje é o número de abertura do espetáculo. Tempos depois, Michelle Obama ainda chamou o musical de “a melhor obra de arte que eu já vi na vida”

2. O QUE O TORNA TÃO PARTICULAR E ESPECIAL?

Os estilos musicais também não são dos mais tradicionais: o enredo é conduzido por peças nos gêneros hip hop, R&B e soul. O elenco é formado, majoritariamente, por atores negros – que, em uma sacada irônica, interpretam personagens históricos brancos e racistas. “Essa é a história da América do passado, contada pela América de agora”

A trilha está disponível no Spotify e você pode conferir abaixo:

3. PREMIADO E ACLAMADO

O fenômeno cultural fora indicado a 16 prêmios, um recorde e levou 11 estatuetas pra casa. O musical também conquistou um Prêmio Pulitzer de Drama e um Grammy na categoria de Melhor Álbum de Teatro Musical.

Disney Reprodução

4. HAMILTON É O SOBRENOME DE ALEXANDER HAMILTON

A peça é a interpretação que o ator e compositor Lin-Manuel Miranda fez de um livro, uma biografia lançada em 2004 por Ron Chernow sobre Alexander Hamilton (1755-1804), primeiro Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, que influenciou as bases do capitalismo no país, considerado um dos “pais fundadores” da nação.

Hamilton era um “bastardo, órfão, filho de uma meretriz e um escocês”, um imigrante saído da Ilha de St. Croix, no Caribe, aos 17 anos. Com um relato sobre o furacão que devastou a ilha em 1772, ele convenceu empresários a bancarem seus estudos em Nova York. Mais tarde, lançou-se na política e se tornou o braço direito de George Washington, o primeiro presidente norte-americano (1789-1797).

“Quando ele faz um poema para se safar, pensei, ‘isso é muito hip-hop’. Escrever versos sobre o quão terríveis são as circunstâncias em que você vive, e isso o livrar delas”, disse Lin-Manuel-Miranda em entrevista à Rolling Stones, em 2016.

Quando Hamilton canta que “chegou muito mais longe sendo mais esperto e trabalhando duro”, evoca “a narrativa do homem pobre que se levanta sozinho, tão atraente nos EUA”, diz a historiadora da NYU Rebecca Goetz.

Mas não é apenas de sucessos que é feita a vida de Hamilton. O musical também mostra o homem de vida pessoal trágica. Ele perdeu o filho adolescente num duelo; viu sua carreira política se perder num escândalo sexual com uma mulher casada; e amava o amigo Laurens mais do que era permissível.

Disney Reprodução

5. ELE É O ROSTO DAS NOTAS DE US$10

E devido ao grande sucesso do musical, o Tesouro Nacional dos EUA desistiu de trocar o rosto estampado nas notas de dez dólares e manteve o de Hamilton.

Nota de dez dólares norte-americana

Cogitada como a nova face, a ex-escrava abolicionista Harriet Tubman foi para a cédula de US$20, no lugar do ex-presidente escravocrata Andrew Jackson, no governo Barack Obama.

Quando Donald Trump assumiu a presidência dos EUA, a proposta da nova nota foi suspensa.

Projeto da nota de US$20 com o rosto de Harriet estampado

6. SUCESSO MUSICAL E FINANCEIRO

Até agora, as apresentações na cidade de Nova York arrecadaram US$ 649,9 milhões, segundo a Broadway League. Já a turnê que passou por lugares como Los Angeles, Chicago, West Palm Beach, Dallas arrecadou outros US$ 167,2 milhões, segundo a Pollstar. A temporada prolongada no West End de Londres vendeu outros US$ 38,6 milhões em ingressos, com base em uma análise da Forbes sobre os preços médios das entradas para o espetáculo. Adicione vendas de camisetas, o álbum do elenco, livros e mercadorias relacionadas –além da venda para a Disney–,e o show está entre uma elite de produções que geraram receita de mais de US$ 1 bilhão.

7. HÁ UM JEITO BARATO, PORÉM DIFÍCIL DE CONSEGUIR INGRESSO

O sucesso do musical é tão grande que, quando estava em cartaz, as sessões eram esgotadas por meses e filas na porta do teatro a espera de desistências eram comuns e, quando havia desistências, o valor dos ingressos não eram menos que US$250.

Há um jeito barato, porém difícil de conseguir ingresso para assistir ao show na Broadway. Uma certa quantidade de ingressos são sorteados para compra por apenas US$10. Você só precisa se cadastrar no site e ter um cartão de crédito válido para o pagamento. Ainda bem que Hamilton estampa as notas de US$10 e não de US$100, mas imagino que a concorrência por esses ingressos não seja tão pequena assim..

Foto: NYTix

8. LIN-MANUEL MIRANDA

O artista multitalentoso de 40 anos desempenhou vários papéis na criação de “Hamilton”. Ele escreveu o libreto e a partitura e, por um tempo, desempenhou o protagonista no palco.

Lin-Manuel também escreveu a letra e a música do musical In The Heights, que abriu na Broadway no teatro Richard Rogers em março de 2008. O trabalho escrito de Miranda fez com que ele ganhasse inúmeras honras, incluindo o Tony de Melhor Trilha Sonora Original, em 2008 e o Grammy de Melhor Álbum de Teatro Musical, em 2009. A atuação de Miranda no papel principal do show, como Usnavi, também fez com que ele ganhasse a nomeação para o Tony de Melhor Ator em um Musical e o show ganhou como Melhor Musical.

“In The Heights” já teve uma versão brasileira em 2014 e contou com Myra Ruiz como a protagonista Nina.

Myra Ruiz em “Nas Alturas” | Produção 4act

De origem porto-riquenha, Miranda tem um longo histórico de trabalhos em parceria com a Disney. Ele colaborou para criar a trilha sonora da animação “Moana”, tendo então sido indicado ao Oscar com a canção How Far I’ll Go. Em 2018, estrelou a sequência de “Mary Poppins” junto a Emily Blunt. Mais recentemente, foi confirmado como um dos compositores das músicas da futura adaptação em live-action de “A Pequena Sereia”.

9. TRECHOS DAS CANÇÕES EM PROTESTOS NOS EUA

Em 2017, frases da narrativa de “Hamilton” estamparam cartazes em manifestações contra o então recém-empossado presidente Donald Trump por todos os Estados Unidos, como “a História está voltada para você” (da música “History Has Its Eyes On You”) ou “Amanhã haverá mais de nós” (de “The Story of Tonight”). As citações se repetiram nos anos seguintes, especialmente na Marcha das Mulheres, movimento feminista internacional que luta por causas das minorias. Não foi diferente em 2020: em um momento de profunda reflexão sobre o racismo sistêmico no país, as citações repareceram nos protestos de Vidas Negras Importam (Black Lives Matter), após a morte do americano negro George Floyd por policiais brancos, como “não é um momento, é um movimento” (da letra de “My Shot”). No Twitter, uma pessoa escreveu: “Eu me pergunto se Lin-Manuel Miranda sabia quão boas seriam as letras de ‘Hamilton’ para as faixas de protesto”. E é mesmo bem oportuno para dar um recado: o sentimento de uma nação querendo ser reconstruída e trazendo a discussão sobre os valores de seu povo.

10. DISPONÍVEL NO DISNEY+

Desde julho de 2020, o musical está disponível no catálogo da Disney+ (que só estará disponível no Brasil em novembro) e conta com todo o elenco original e é o resultado da edição de três apresentações. Foram pagos US$ 75 milhões pelos direitos de exibição da obra, consagrando a mesma como a aquisição cinematográfica mais cara da história até o momento.

Não trata-se de uma versão adaptada para o cinema, é justamente a gravação do musical em cartaz na Broadway e foi filmada em 2016, no Richard Rodgers Theater, em Nova York e teve a direção de Thomas Kail.

Inicialmente, Miranda e a Disney queriam que o filme fosse lançado nos cinemas norte-americanos e a estreia estava prevista para acontecer em 15 de outubro de 2021. Entretanto, por conta da pandemia do coronavírus (COVID-19), os planos mudaram. A adaptação, que já estava finalizada desde o começo de 2020, estreou no Disney+ em 3 de julho.

Curtain Call do show na Broadway | Disney Reprodução

Disney+ lançará adaptação do musical ‘Once on This Island’

Após o sucesso de Hamilton, o serviço de streaming da Disney (Disney+) está desenvolvendo uma adaptação cinematográfica do musical ‘Once on This Island’, de Lynn Ahrens e Stephen Flaherty.

Após o sucesso de Hamilton, o serviço de streaming da Disney (Disney+) está desenvolvendo uma adaptação cinematográfica do musical ‘Once on This Island, de Lynn Ahrens e Stephen Flaherty.

O musical estreou em 1990 Off Broadway e, recentemente, uma nova produção ganhou o prêmio Tony Awards na categoria Melhor Revival e contou com Alex Newll (Unique, de ‘Glee‘) no elenco.

Para a nova adaptação, a dramaturga Jocelyn Bioh (de ‘School Girls‘) está escrevendo o roteiro, enquanto Wanuri Kahiu (diretora de ‘Rakifi‘) fará a direção e ainda não foi divulgado nenhum nome para o elenco, mas a produção promete ser uma versão para o cinema da trama, diferente do recém lançamento ‘Hamilton‘, que é uma versão filmada do espetáculo.

Você sabia quejá foi anunciada um produção do musical do Brasil? Clique aqui pra saber mais sobre isso. Enquanto isso, nós, brasileiros, continuamos ansiosíssimos pela chegada da plataforma Disney+ no país, que está prevista para novembro desse ano.

Fonte: The Hollywood Reporter
Foto: Joan Marcus

Gravação de vídeo de “Hamilton” com o elenco original ganha data de lançamento

Os produtores do musical “Hamilton” anunciaram que a gravação em vídeo do espetáculo será lançada nos cinemas no dia 15 de outubro de 2021, pela Disney.

Continue Lendo “Gravação de vídeo de “Hamilton” com o elenco original ganha data de lançamento”

Papo de Stage Door #05 – Especial Broadway – Parte #2 (Com Higor Valentini)

Ouça nosso podcast pra conhecer os flops e hits de NY!

Continue Lendo “Papo de Stage Door #05 – Especial Broadway – Parte #2 (Com Higor Valentini)”

Papo de Stage Door #04 – Especial Broadway – Parte #1 (Com Higor Valentini)

Ouça nosso podcast pra conhecer os flops e hits de NY!

Continue Lendo “Papo de Stage Door #04 – Especial Broadway – Parte #1 (Com Higor Valentini)”

“Hamilton” é o grande vencedor do Olivier Awards 2018

No último dia 8, foi celebrada a edição 2018 do Olivier Awards, prêmio mais importante do teatro da Inglaterra. A cerimônia, apresentada pela atriz e comediante Catherine Tate, contou com apresentações dos principais indicados, como “Hamilton“, que além de quebrar o recorde de maior número de indicações (foram 13, quebrando o recorde de 11 indicações que anteriormente pertencia a “Hairspray” e “Harry Potter and the Cursed Child“) a uma única produção foi o grande vencedor da noite, levando sete prêmios para o Victoria Palace Theatre.

Continue Lendo ““Hamilton” é o grande vencedor do Olivier Awards 2018″

A Katy Perry também AMA musicais, veja 10 relações da cantora com a Broadway e saiba tudo sobre os shows no Brasil

A cantora se apresenta no Brasil essa semana em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro.

Continue Lendo “A Katy Perry também AMA musicais, veja 10 relações da cantora com a Broadway e saiba tudo sobre os shows no Brasil”

Lin-Manuel Miranda voltará a interpretar Hamilton… em Porto Rico

Pela primeira vez desde que deixou o papel título em “Hamilton” na Broadway, Lin-Manuel Miranda, que também compôs e escreveu o musical voltará ao papel por tempo limitado em Porto Rico.
Continue Lendo “Lin-Manuel Miranda voltará a interpretar Hamilton… em Porto Rico”

Lin-Manuel Miranda participa de podcast sobre “Hamilton” durante todo o mês de outubro

Nos 4 episódios, Lin irá falar sobre o processo de criação de “Hamilton”, cantará, falará sobre “Moana” e muito mais!

Continue Lendo “Lin-Manuel Miranda participa de podcast sobre “Hamilton” durante todo o mês de outubro”

Clipe de “Immigrants (We Get the Job Done)” é indicado ao VMA

O primeiro clipe da The Hamilton Mixtape, lançado no dia 28 de junho, foi indicado ao VMA, na categoria “Melhor Luta Contra o Sistema”.

Continue Lendo “Clipe de “Immigrants (We Get the Job Done)” é indicado ao VMA”

Veja mais vídeos do desafio #Ham4All: Elencos de “Dear Evan Hansen”, “Come From Away” e mais!

O desafio é por uma boa causa, faz parte da arrecadação para a campanha “Immigrants: We get the job done Coalition”.

Continue Lendo “Veja mais vídeos do desafio #Ham4All: Elencos de “Dear Evan Hansen”, “Come From Away” e mais!”

Veja Jonathan Groff cantando “Satisfied” de “Hamilton” com Lin-Manuel Miranda

Vídeo foi postado no Twitter de Lin-Manuel.

Continue Lendo “Veja Jonathan Groff cantando “Satisfied” de “Hamilton” com Lin-Manuel Miranda”

Amém Lin-Manuel Miranda: Veja o clipe de “Immigrants (We get the Job Done)”

Lin e suas surpresas, amém!

Continue Lendo “Amém Lin-Manuel Miranda: Veja o clipe de “Immigrants (We get the Job Done)””

Lin-Manuel Miranda receberá uma Estrela na Calçada da Fama

O criador de “Hamilton” receberá sua estrela em 2018, junto a nomes como RuPaul, Shonda Rhimes, Mary J. Blige e outros!

Continue Lendo “Lin-Manuel Miranda receberá uma Estrela na Calçada da Fama”

SEMANA TONY: Reviews dos indicados pelo pequeno Ziggy (Iain Armitage) de “Big Little Lies” e que será o jovem Sheldon Cooper em “Young Sheldon”

 

Quem já viu “Big Little Lies” sabe que é uma das melhores séries do ano! Com nomes de peso como Nicole Kidman, Reese Wintherspoon, Shailene Woodley, Zoë Kravitz e Laura Dern, o sucesso de público e crítica da HBO além de instigar a audiência, também nos fez conhecer um pequeno grande talento, Iain Armitage.

Além de ter brilhado na tela da HBO, Iain agora está prestes a estrelar a série “Young Sheldon”, que mostrará a infância de Sheldon Cooper de “The Big Bang Theory”. Você pode assistir ao trailer da série clicando aqui.

Continue Lendo “SEMANA TONY: Reviews dos indicados pelo pequeno Ziggy (Iain Armitage) de “Big Little Lies” e que será o jovem Sheldon Cooper em “Young Sheldon””

Mulheres & Musicais

Parabéns a todas as leitoras, todas as mulheres desse mundão e a todas as Aldonzas, Fantines, Donnas, Christines, Glindas, Roses, Marias, Angelicas, Tracys e Janets pelo nosso dia!

Neste Dia Internacional da Mulher nós preparamos um post especial pra vocês!

Continue Lendo “Mulheres & Musicais”

7 MOTIVOS PARA CONHECER DEAR EVAN HANSEN

Toda semana traremos 7 motivos para você conhecer, ouvir ou ir assistir algum musical e o dessa semana não poderia ser outro: Dear Evan Hansen!